quarta-feira, 8 de julho de 2009

PONDERAÇÕES


















A vida do filho ainda segurava seus pés na escada
Na corda descansava o peso insuportável de sua desgraça
E não havia amor que desfizesse o nó na garganta. .

André Ulle. Ilustração: Joel Barcellos em cena de Jardim de Guerra (1970), de Neville D'Almeida.

2 comentários:

MARCELO FARIAS disse...

Ulle, tu é foda!...

Trish River disse...

Simples e marcante!

=]