terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Do Que Acontece Às Seis e Meia da Noite no Recife


Motores cantando,
sirenes e buzinas
soando.

os olhos do tempo
fechados,
e ainda assim,
observando.

cada detalhe
que não existe
no caos do trânsito.

André Espínola

3 comentários:

MARCELO FARIAS disse...

Você é muito bom na poesia urbana!

Yolar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Malashicage disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.