sábado, 15 de março de 2008

Sobre quando o céu desaba


Quando o céu desaba
e as nuvens caem
feito escombros,

pra mim tu és como Atlas,
e carregas meu mundo
nos ombros.

André Espínola

2 comentários:

marcelo disse...

Fantástico!

Ana Kaya disse...

Bela frase, em forma de poema.