segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

FÁBULA SUICIDA























Janela, espelho meu,
responda-me:

_Se eu te saltar,
fodeu?

Do sapo que saiu do céu,
repito o esculacho:

_Afasta chão,
senão me esborracho!

Então, após o salto
suicida fatal,
virei pizza de asfalto,
sem orégano e sal.




Giovani Iemini - Mão Branca.

2 comentários:

MARCELO FARIAS disse...

Genial!

Gigio disse...

genial?

menos, meu caro! hehehe.

mas obrigado. foi uma grata surpresa ver este poeminha aqui!
valeu!