quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

ARBÍTRIO INQUIETO




















Penso no tremor
que mais tarde revela:
Não era bem assim?
Fecho o riso
Demito a esperança
Aterrizo
Fico de prontidão
Ouço mais de uma vez
A mesma canção
Sonhos aos pedaços
Dispersos no teto
Quero o inédito dos teus olhos
Ata-me como quem não evita o próximo beijo
Colisão no contrafluxo
Te amo de passagem...


Ivone fs.

5 comentários:

MARCELO FARIAS disse...

Perfeito!

Ivone fs ○ disse...

Adorei a imagem! tem poema que me vem e me lembra Ana Cristina Cesar. Por coincidência acabei de ver um vídeo com a voz dela no You Tube e esta imagem me lembra uma foto dela...fora isso, este poema é muito real pra mim.

obrigada Marcello pelo presente de estar aqui no 1o. dia do ano!

valeu mesmo!

Trish River disse...

Lindo demais!

=]

Iriene Borges disse...

Adimiro sua poesia!

Érica Cristiane... disse...

Lindoooooo!