sábado, 17 de janeiro de 2009

PRIMEIRO DIA NO PARAÍSO























Do céu,
Sob os auspícios de um Deus zangado,
Santos tristes houveram cavalgado
Tantas nebulosas em nossa direção...

No céu,
Dossel de algodão
Aguarda nossos corpos.

Anjos tortos nos serão pagens,
E, rodeando-nos as margens,
Assistirão com malícia,
Ante o langor de nossas carícias,
O rosa do teu mamilo intumescido
Verter-me o leite que manchou teu vestido
E minha memória.

Estribilha a história:

Iconoclastas que somos,
Nossa glória reside
Nos divinos pomos
De Adão,
Posto que nosso amor incide
Direto na costela que cedemos
À razão.

Ao que que nos achamos enfim
No que Eles chamam de perdição.

Jack Daniel's. Ilustração: Yukio Mishima (1925-1970) interpretando São Sebastião em sessão fotográfia pessoal.

3 comentários:

MARCELO FARIAS disse...

Magnífico!

Casa do Besouro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Casa do Besouro disse...

Profundo e envolvente
Você escreve muito bem; simples e sofisticado!

Parábens!


www.casadobesouro.blogspot.com